Press "Enter" to skip to content

Roberto Castello Branco assumirá presidência da Petrobras em 1º de janeiro

Redação

Brasília, 19/11/2018 – 07:59 – O economista Roberto Castello Branco assumirá o comando da Petrobras por indicação de Paulo Guedes, confirmado para o Ministério da Economia (que deve englobar Fazenda, Planejamento, Indústria e Comércio Exterior). A informação foi divulgada hoje (19) pela equipe de Guedes.

Roberto Castello Branco é economista com doutorado em Economia pela FGV e pós-doutorado também em Economia pela Universidade de Chicago e possui “extensa experiência nos setores público e privado”.

Já ocupou cargos de direção no Banco Central e na mineradora Vale, fez parte do Conselho de Administração da Petrobras e desenvolveu projetos de pesquisa na área de petróleo e gás.

O futuro presidente da Petrobras é diretor do Centro de Estudos em Crescimento e Desenvolvimento Econômico da Fundação Getulio Vargas. O atual presidente da estatal, Ivan Monteiro, permanece no comando até a nomeação de Castello Branco no dia 1º de janeiro de 2019. Monteiro chegou a ser cotado a permanecer no cargo.
Monteiro assumiu a estatal em junho deste ano. Antes dele, Pedro Parente pediu demissão do cargo por causa da greve dos caminhoneiros.

O nome de Castello Branco apareceu entre os cotados para presidir a Petrobras ainda em outubro, logo após a vitória de Bolsonaro nas eleições. À época, ele já estava contribuindo com a equipe do novo governo e foi sondado informalmente para o cargo, sem demonstrar interesse imediato pela posição.

Dias depois, o vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, se reuniu com a diretoria da Petrobras em um dos prédios da estatal no Rio de Janeiro e se disse “muito bem impressionado”, o que levantou especulações acerca da continuidade de Monteiro na presidência.

O atual CEO disse no começo do mês não ter recebido convite da equipe de Bolsonaro, mas frisou que estava disposto a conversas.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Guiaoffshore 16 anos com você