Press "Enter" to skip to content

‘Ataque não passará em branco; Irã vai dar resposta’, diz professor da UFRJ

Tanguy Baghdadi, professor de relações internacionais, prevê que crise poderá ter desfecho sem precedentes na região

Ataque americano ao aeroporto de Bagdá deixou 8 mortos. Imagem: Haidar Hamdani/AFP

03/01/2020 00h50 – O professor de relações internacionais da Universidade Federal do Rio de Janiero (UFRJ), Tanguy Baghdadi, prevê reação forte do Irã, após a morte de Qassem Soleimani, chefe da Guarda Revolucionária do Irã e um dos homens mais poderosos do país, e também de Abu Mahdi al-Muhandis, chefe das Forças de Mobilização Popular do Iraque, milícia apoiada pelos iranianos, e mais 5 pessoas em um ataque aéreo dos Estados Unidos nesta quinta-feira (2) em Bagdá.

“É catastrófico! Esse fato não passa em branco! É garantido que o Irã vai dar uma resposta”, disse Tanguy Baghdadi.

Para o especialista, a tensão na região vai aumentar muito. “Para a estabilidade regional a gente não poderia imaginar um cenário mais tenso. Principalmente se a gente olhar no mapa e perceber qual é a posição do Iraque no cenário regional. O Iraque é um país muito fundamental, muito importante. Não é por acaso que a gente teve guerra na década de 90. Sempre foi um espaço de disputa entre o Irã, de um lado, e, nas últimas décadas, os EUA, de outro”, disse, em entrevista à GloboNews (veja no vídeo acima).

Segundo Tanguy Baghdadi, o Iraque tem uma posição curiosa porque é um país muito influenciado pelos rivais. “A gente está falando de um país que é fundamental para a região. Mas há nos últimos anos uma clara influência do Irã, que não é bem vista pela população iraquiana, que acredita numa influência excessiva, grande demais, intervencionista. Isso não é de hoje, vem de uma década.

Na previsão do especialista, a crise poderá ter desfecho sem precedentes. “Quando a gente tem um acontecimento como esse a tendência é que tenha um aumento sem precedentes no nível de tensão”, analisou Tanguy Baghdadi.

Mission News Theme by Compete Themes.
Notícias em Destaque: