Press "Enter" to skip to content

Petrobras recebe grau de investimento pela Fitch na nota stand-alone

A Fitch Ratings elevou a nota de crédito stand-alone (risco intrínseco) da empresa em dois níveis, de “bb+” para “bbb

Rio de J aneiro, 21 de fevereiro de 2020 – A Petrobras informa que a agência de classificação de risco Fitch Ratings elevou sua nota de crédito stand-alone (risco intrínseco) em dois níveis, de “bb+” para “bbb”, segundo nível da escala de grau de investimento. A agência manteve o nível de risco (rating) da dívida corporativa da companhia em “BB-“, com perspectiva estável.
“Estamos muito felizes com a alteração da nota da Petrobras, principalmente porque confirma que todo o trabalho de transformação da empresa, focado na redução do endividamento e diminuição do custo do capital, está sendo reconhecido pelo mercado. Sabemos que temos um longo caminho pela frente mas ficamos muito honrados com esse reconhecimento”, destacou a Diretora Executiva Financeira e de Relacionamento com Investidores, Andrea Almeida.

A brasileira Andrea Almeida, diretora executiva de Finanças e Relacionamento com Investidores da Petrobras, é a única brasileira na lista da revista “Fortune” que elege as 50 mulheres mais poderosas do mundo.

A Fitch ressaltou que a elevação da nota stand-alone reflete a melhora na estrutura de capital da companhia, a forte geração de caixa e flexibilidade financeira, com liquidez robusta, sólida capacidade de acessar o mercado de dívida para refinanciamento e expectativa de melhorias contínuas no futuro .Segundo a agência, o rating da companhia em escala global continua limitado pelo rating da República Federativa do Brasil, acionista controlador da companhia.

A brasileira Andrea Almeida, diretora executiva de Finanças e Relacionamento com Investidores da Petrobras, é a única brasileira na lista da revista “Fortune” que elege as 50 mulheres mais poderosas do mundo. Na posição 49, a executiva assumiu o cargo da estatal em março de 2019 com a missão de organizar as finanças da companhia e propor a criação de uma nova política de distribuição de dividendos

Mission News Theme by Compete Themes.
Notícias em Destaque: