Press "Enter" to skip to content

AIE prevê queda na demanda por petróleo no 1° trimestre devido ao coronavírus

A agência espera que o consumo de petróleo e combustíveis líquidos caia em 910 mil bpdno primeiro trimestre deste ano, em comparação a igual período de 2019

Nova York, 11/03/2020 – A demanda global por petróleo deve cair em 910 mil barris por dia (bpd) no primeiro trimestre, disse a Agência de Informações de Energia dos Estados Unidos (AIE) nesta quarta-feira, em meio à rápida disseminação do coronavírus, que reduziu a atividade econômica e viagens, levantando temores de uma recessão global.

Os preços do petróleo tiveram o maior recuo em quase três décadas na segunda-feira, à medida que os principais produtores, Arábia Saudita e Rússia, começaram uma guerra de preços que ameaça inundar de oferta os mercados globais em um momento de baixa demanda.

Para o primeiro trimestre, a AIE espera que o consumo de petróleo e combustíveis líquidos caia em 910 mil bpd na comparação com o mesmo período do ano passado, para 99,06 milhões de bpd. Antes, a agência projetava expansão de 320 mil bpd.

Para 2020, a AIE reduziu a previsão de crescimento da demanda em 660 mil bpd, para 370 mil bpd. A produção de petróleo dos EUA deve ter uma expansão de 760 mil barris por dia em 2020, para 12,99 milhões de barris, segundo a AIE, que revisou para baixo sua projeção anterior de alta de 960 mil bpd.Em 2021, a produção norte-americana deve cair em 330 mil bpd, para 12,66 milhões de bpd, ante estimativa anterior de avanço de 360 mil bpd. O ritmo recorde de crescimento da produção dos EUA tem perdido força à medida que empresas seguram investimentos em novas perfurações.

Agência Reuters

Mission News Theme by Compete Themes.
Notícias em Destaque: