Press "Enter" to skip to content

Iniciada venda a distribuidores da nova gasolina com octanagem RON 93

O novo combustível só será obrigatória no Brasil apenas em 2022, de acordo com a nova regulamentação da ANP

Rio de Janeiro, 29 de julho de 2020 – A Petrobras já está produzindo em todas as suas refinarias e comercializando aos distribuidores a gasolina com octanagem RON 93, que será obrigatória no Brasil apenas em 2022, de acordo com a nova regulamentação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) – Resolução ANP 807/20.

A Resolução ANP 807/20, cuja primeira fase entrará em vigor em 03/08/2020, estabelece uma octanagem mínima de 92 pela metodologia RON (Research Octane Number), já adotada na Europa e mais adequada às novas tecnologias de motores que estão sendo introduzidas no Brasil.

Essa resolução estabelece também densidade mínima de 715 kg/m³, o que significa mais eficiência, com possibilidade de redução no consumo de gasolina por quilômetro de 5%, em média, além de dificultar fraudes na sua formulação, combatendo o uso de solventes e naftas de baixa qualidade na adulteração do produto comercializado ao consumidor.

Na segunda fase, prevista para janeiro de 2022, será adotada octanagem mínima RON 93. A companhia já antecipou a produção da gasolina com padrão de qualidade superior, garantindo ao consumidor um produto com melhor desempenho e eficiência.

Mission News Theme by Compete Themes.
Notícias em Destaque: