Press "Enter" to skip to content

Agência de risco mantém nota da Petrobras, mesmo com nota rebaixada para o Brasil

Nova York, 12/01/2018 20h47 – A agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) manteve a nota da dívida corporativa da Petrobras em “BB-“, com perspectiva estável, após rebaixar, na última quinta-feira (11) a nota do Brasil de “BB” (perspectiva negativa) para “BB-” (perspectiva estável), informou a petroleira nesta sexta-feira (12). A nota do Brasil tende a influenciar a avaliação de todas as empresas do país.

Nesta sexta, a agência rebaixou a nota dos bancos Bradesco, Itaú Unibanco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, BNDES, Santander e também da Bolsa brasileira, agora denominada B3.

“A S&P considera que o nível de risco da companhia segue correlacionado com o risco soberano, estando, portanto, limitado à classificação de risco do Brasil”, disse a Petrobras em nota ao mercado. (mais…)

Guiaoffshore 16 anos com você