Press "Enter" to skip to content

França proíbe extração de petróleo em todos os seus territórios

Paris, 08/01/2018 – O parlamento da França passou a proibir a produção de petróleo e gás até 2040, um gesto em grande parte simbólico, uma vez que o país depende de 99% das importações de hidrocarbonetos.

Na votação apenas o partido republicano de direita se opôs, enquanto os legisladores de esquerda se abstiveram.

Não serão concedidas novas licenças para perfuração de poços de petróleo no mar, extrair combustíveis fósseis e nenhuma licença existente será renovada além de 2040, quando toda a produção na França continental e seus territórios ultramarinos serão interrompidas.

A parlamentar socialista Delphine Batho disse que esperava que a proibição fosse “contagiosa”, inspirando produtores maiores a seguir o exemplo.

A França extrai o equivalente a cerca de 815 mil toneladas de petróleo por ano – uma quantidade produzida em poucas horas pela Arábia Saudita.

Mas o presidente centrista, Emmanuel Macron, quer que a França tome a liderança como uma grande economia mundial que se desloca dos combustíveis fósseis – e da indústria nuclear – para fontes renováveis.

Seu governo planeja parar a venda de carros a diesel e a gasolina até 2040 também.

Acima de tudo, a proibição afetará as empresas que procuram petróleo no território francês da Guiana na América do Sul, ao mesmo tempo que proíbe a extração de gás de xisto por qualquer meio – sua extração por fracking foi banida em 2011.

Fonte: Ambiente Energia