Baker Hughes instala planta de monitoramento remoto em Campinas

Baker Hughes instala planta de monitoramento remoto em Campinas

São Paulo, 21/02/2021 – A prestadora de serviços para o setor de petróleo Baker Hughes vai abrir a primeira unidade da sua subsidiária de monitoramento remoto, Bentley Nevada, em Campinas (SP) até o fim de março. A companhia fechou um contrato para prestar serviços para a Petrobras, com duração de três anos.

O acordo inclui serviços de segurança cibernética, além da aplicação de sistemas e sensores de proteção e monitoramento remoto nos ativos da estatal. As soluções vão ser usadas em refinarias, unidades de tratamento de gás, plantas de produção, plataformas e usinas de geração térmica. A ideia é aumentar a segurança das operações, além de prever e solucionar falhas.

“Não vai ser mais necessário deslocar um engenheiro de serviços presencialmente para uma refinaria da Petrobras para avaliar os dados da planta, por exemplo. Esse profissional vai poder fazer isso por meio de um centro de controle remoto”, explicou ao Valor o vice-presidente da Bently Nevada, Ed Boufarah.

Atualmente, a Petrobras conduz um processo de transformação digital, que inclui a adoção de soluções digitais para aumento de eficiência e corte de custos.

De acordo com Boufarah, a Bentley Nevada pretende buscar outros clientes no mercado brasileiro, que passa por uma abertura em meio à venda de ativos da Petrobras e à entrada de empresas privadas. “O Brasil é um país estratégico para nós. Há toda uma gama de produtos e soluções que podem ser oferecidos remotamente, algo que não fazíamos tanto antes da pandemia de covid-19. Queremos apoiar essa nova fase de transformação digital, muitos dos nossos clientes estão investindo na área”, acrescentou o executivo.

Share