Assembleia da Petrobras aprova distribuição de R$ 10,3 bilhões em dividendos

Assembleia da Petrobras aprova distribuição de R$ 10,3 bilhões em dividendos

Em março, o Ministro da Economia Paulo Guedes disse que o governo intenciona criar um programa de transferência de renda ligado aos dividendos da Petrobras

Rio, 13:04 15/04/2021 – Acionistas da Petrobras aprovaram em assembleia na noite desta quarta-feira (14), proposta de dividendos de R$ 10,27 bilhões, em referência ao exercício de 2020, informou a petroleira estatal em fato relevante ao mercado. O montante corresponde ao valor de R$ 0,787446 por ação ordinária e preferencial em circulação.

O valor será atualizado pela variação da taxa Selic de 31 de dezembro até a data do pagamento, em 29 de abril.

A assembleia foi realizada após a Petrobras conseguir que uma decisão da Justiça sobre a migração da gestão operacional do plano de saúde da companhia fosse reconsiderada, evitando qualquer risco para a realização da reunião de acionistas.

Promessa é dívida

No ínício de março deste ano, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo federal trabalha com a ideia de criar um programa de transferência de renda ligado aos dividendos da Petrobras. “Vamos pegar os dividendos da Petrobras e entregar uma parte para o povo brasileiro. A parte que nós temos, vamos entregar então. Temos uma ideia de fazer algo parecido um pouco à frente”, disse em participação gravada no podcast Primocast.

Segundo ele a ideia é “criar um fundo Brasil e botar os ativos lá e falar: se [o petróleo] é nosso, dá para a gente, principalmente para os mais fracos, os mais frágeis”.

Vamos fazer um programa de transferência de riqueza, na veia. Pega os 20%, 30% mais pobres da população brasileira e fala: o petróleo é nosso? É. Então toma aqui sua parte. Pega os mais pobres e vamos dar um pedaço para eles”, afirmou. “Que aí a empresa ou paga dividendo para eles ou vende e dá o dinheiro para eles. O que não pode é ficar dando prejuízo para eles.”

Share