Shell Brasil busca startups com negócios inovadores para novo programa de empreendedorismo

Shell Brasil busca startups com negócios inovadores para novo programa de empreendedorismo


Até 16 de agosto, Shell StartUp Engine receberá inscrições de candidatos de todo o país

 

Rio de Janeiro, 16 de julho de 2021 – A Shell Brasil está com inscrições abertas para a primeira edição brasileira do programa de empreendedorismo Shell StartUp Engine. O objetivo é selecionar empreendimentos que desenvolvam negócios inovadores e voltados para a promoção de benefício social no futuro. A iniciativa busca startups em estágio inicial a médio, que se encaixem em uma dessas três categorias: circularidade do plástico, acesso a novas energias e cidades inteligentes. Empreendedores de todo o país podem se candidatar até o dia 16 de agosto neste link.

O programa, realizado em parceria com a Startupbootcamp, vai selecionar dez startups para um processo de mentoria e aceleração de três meses. Os escolhidos serão conectados com uma rede global de mentores e com executivos da Shell dedicados a passar adiante suas experiências e conhecimentos. Ao final, os participantes terão a oportunidade de apresentar seus negócios para parceiros inseridos dentro do ecossistema empreendedor.

“Estamos em busca de iniciativas disruptivas, que tragam qualidade de vida para a sociedade e que possam estar junto com a Shell na jornada por um mundo mais verde”, comenta Leíse Duarte, assessora de Investimentos Sociais da companhia. Ela lembra que a Shell é uma das integrantes da iniciativa “Aliance to End Plastic Waste” e que, desde 2017, a companhia integra o grupo que tem como missão apoiar a indústria para o desenvolvimento de soluções que minimizem e controlem o desperdício do plástico.

Atualmente, o Shell StartUp Engine é realizado na França, Inglaterra e Cingapura. A chegada do programa ao Brasil fecha um ciclo de suporte ao empreendedorismo promovido pela empresa no país, que já conta há mais de 20 anos com o Shell Iniciativa Jovem, voltado para jovens empreendedores.

 

Share