Estudo projeta que Brasil fornecerá quase um quarto do petróleo offshore mundial até 2025

Estudo projeta que Brasil fornecerá quase um quarto do petróleo offshore mundial até 2025

Espera-se que o país sozinho contribua com cerca de 23% ou 1,3 milhão de barris por dia (mmbd) da produção global de petróleo e condensado offshore em 2025, de acordo com a britânica GlobalData

Londres, 13/08/2021 – O relatório ‘Global Offshore Upstream Development Outlook, 2021–2025’, produzido pela empresa de dados e análises Global Data, revela que 1,16 mmbd de produção de petróleo e condensado no Brasil em 2025 é esperada de projetos com planos de desenvolvimento já determinados, enquanto 169 mil barris por dia (mbd) são esperados de projetos aindaem estágio inicial que estão passando por estudos conceituais e devem obter aprovação em breve para desenvolvimento.

Estima-se-se que um total de 29 projetos de petróleo bruto comecem a operar no país no período 2021-2025. Destes, Bacalhau, Búzios V (Franco) e Lula Oeste são alguns dos principais projetos que reunidos deverão contribuir com cerca de 44% da produção de petróleo e condensado do país em 2025.

Effuah Alleyne, Analista Sênior de Petróleo e Gás da GlobalData, comenta: “Enquanto a Arábia Saudita domina a produção de líquidos globalmente, principalmente de projetos já em produção, o Brasil lidera a produção de petróleo e condensado de projetos futuros/novos. A prolífica camada do pré-sal do Brasil na Bacia de Santos produziu forte portfólio de projetos offshore operados principalmente pela Petrobras. Esses projetos mostraram uma economia robusta, como preços de equilíbrio do petróleo em média de US$ 40 por barril e contribuíram significativamente para a tendência da América do Sul de superar a produção offshore da América do Norte até 2023 ”.

A GlobalData identifica os EUA como o segundo maior país produtor, com 655 mbd de produção de petróleo bruto em 2025 ou cerca de 11% da produção total offshore de petróleo e condensado no ano. A Noruega segue com uma produção de petróleo bruto de 508 mbd de projetos offshore planejados e anunciados em 2025.

Entre as empresas, Petrobras, China National Offshore Oil Corp e Equinor ASA lideram globalmente com a maior produção offshore de petróleo e condensado de 768 mbd, 371 mbd e 331 mbd, respectivamente, em 2025 de projetos planejados e já anunciados.

Fonte: World Oil / https://www.worldoil.com/news/2021/8/12/brazil-projected-to-supply-nearly-a-quarter-of-world-s-offshore-oil-by-2025

Share